Mês do Meio Ambiente: Projetos do IMA apoiados pela Equatorial contribuem para a preservação da natureza em Alagoas
5 de junho de 2020 Destaques,Notícias,Sem categoria Paula Solano

Através do programa de educação ambiental do órgão mais de 10 mil pessoas foram beneficiadas e 5 mil mudas foram plantadas no estado

Ações que incentivem a mudança de hábitos voltados a sustentabilidade no cotidiano das pessoas e para a manutenção de novas práticas que não apenas colaborem com o meio ambiente, mas causem impacto social e econômico. Foi com esse objetivo que a Equatorial Energia Alagoas firmou parceria com Instituto de Meio Ambiente (IMA). Neste primeiro ano de convênio, mais de 10 mil pessoas participaram dos programas de educação ambiental do órgão e 5 mil mudas foram plantadas no estado.

As ações são executadas pelo IMA e por meio da parceria, foram realizadas 11 oficinas de sabão no “Projeto Sabão Ecológico”, 12 mutirões de limpezas nas praias dos litorais norte e sul através do “Projeto Nossa Praia” e a aquisição e o plantio de cinco mil mudas de árvores nativas da mata atlântica com o “Projeto Alagoas Mais Verde”.

O presidente do IMA, Gustavo Lopes, ressalta a importância do apoio para ampliar a divulgação e a realização de atividades de educação ambiental. “A contribuição de empresas como a Equatorial são fundamentais ao IMA para darmos mais visibilidade aos projetos da instituição, conseguindo levar as orientações para mais pessoas orientações, além de auxiliar na preservação da natureza”, declarou.

De acordo com o diretor de Operações Técnicas e Comerciais da Equatorial, Sérgio Valinho, essas ações refletem a filosofia de sustentabilidade e responsabilidade ambiental do grupo Equatorial. “Estamos bastante satisfeitos com os resultados alcançados em um ano de convênio e pelo impacto positivo na natureza. Com os projetos, conseguimos promover a conscientização e o convívio de forma harmônica das obras de infraestrutura da empresa junto com a sociedade e com o meio ambiente. Além disso, não se pode pensar no desenvolvimento econômico sem a preservação ambiental. As ações de hoje são a garantia do nosso amanhã”, finalizou.

Confira abaixo detalhes dos projetos do IMA apoiados pela Equatorial:

Projeto Sabão Ecológico

O projeto sabão ecológico tem por objetivo sensibilizar a população quanto ao uso correto, coleta e descarte do óleo de cozinha, uma vez que, este óleo, ao ser utilizado se torna um resíduo extremamente poluente e nocivo ao meio ambiente. Em 11 oficinas realizadas pelo IMA, 422 pessoas foram ensinadas a fazer o sabão ecológico, uma alternativa para economizar em produtos de limpeza doméstica, além de ser fonte de renda para aqueles que se interessam em produzir para venda em sua comunidade. A produção do sabão caseiro é uma forma de retirar um poluente da natureza e colocar em seu lugar um produto que gera resíduo biodegradável.

Projeto Nossa Praia

Orientar instituições de ensino e comunidades presentes nas praias do litoral sul e norte do estado com aulas de campo, mutirão de limpeza e entrega de sacolas biodegradáveis, que são realizadas em faixa de areia. Pelo Projeto Nossa Praia, de novembro de 2019 a fevereiro de 2020, foram promovidas 12 ações e mutirões de limpeza nas praias de cinco municípios alagoanos. Mais de dez mil pessoas entre membros das prefeituras, do exército, ambulantes, voluntários, alunos da rede privada, banhistas e jangadeiros participaram das atividades.

As ações do projeto visam diminuir o descarte inadequado de resíduos sólidos encontrados no litoral alagoano, levando informações sobre a destinação adequada dos detritos gerados pelos frequentadores da costa litorânea em suas diversas atividades (banhistas/ ambulantes, entre outros). O foco de atuação foi em praias urbanas por terem um maior fluxo populacional, e onde são encontradas em maior concentração embalagens de comida, bitucas de cigarro, copos e talheres plásticos, garrafas de vidro e metal.

Projeto Alagoas Mais Verde

O Projeto Alagoas Mais Verde tem a finalidade de incentivar ações que promovam a recuperação de áreas verdes, áreas urbanas, matas ciliares e nascentes, como plantio de mudas nativas. Neste primeiro ano de parceria, o IMA adquiriu do centro de produção de mudas Fazenda Poço Grande, localizado no município de Cajueiro, 5 mil mudas de 29 tipos de árvores nativas de mata atlântica. As espécies foram acondicionadas no viveiro de aclimatação da base descentralizada de Santa Rita em Marechal Deodoro e utilizadas ao longo dos meses nas ações de plantio e recuperação de áreas ambientais degradadas do projeto.

Crédito das fotos: Gerência de Educação Ambiental do IMA

Assessoria de Imprensa da Equatorial Energia Alagoas