Mais de 60 mil famílias são cadastradas na Tarifa Social durante a pandemia
23 de julho de 2020 Destaques,Notícias Paula Solano


Dado foi divulgado em reuniões realizadas pela Equatorial com órgãos para apresentar as ações desenvolvidas no período de isolamento social

Apresentar as ações realizadas em diversas frentes de atuação para conter o avanço e minimizar os impactos econômicos da COVID-19 no estado. Esse foi o objetivo das reuniões virtuais realizadas pela Equatorial Energia Alagoas nesta semana com o Ministério Público Estadual (MPE), Tribunal de Justiça (TJ) e Defensoria Pública do Estado.

Durante os encontros, o presidente da Equatorial Alagoas, Humberto Soares explicou que a empresa tem buscado alternativas para amenizar os efeitos da pandemia para os seus clientes. “Uma das medidas adotadas pela distribuidora foi a ampliação de inscritos na Tarifa Social. No período de abril a junho de 2020, mais de 60 mil clientes foram cadastrados na baixa renda e passaram a receber descontos na conta de luz. Atualmente, 305 mil unidades recebem o benefício que pode chegar a 65% de desconto”.

Ainda no âmbito social, a Equatorial aderiu a iniciativa “Empresários do Bem”, e já doou mais de 70 toneladas de alimentos e 10 mil kits de limpeza que foram destinados a população carente e mais prejudicada pelo coronavírus. Também realizou a doação de geladeiras novas e econômicas para 245 famílias afetadas pela enchente do Riacho Camoxinga e do Rio Ipanema, em Santana do Ipanema.

Soares destacou também o apoio da Equatorial para os hospitais e unidades de abastecimento de água. A distribuidora doou ao Governo do Estado monitores multiparâmetros e R$ 400 mil reais em equipamentos que foram destinados ao Hospital Metropolitano. Patrocinou com mais de R$ 400 mil para auxiliar na construção da primeira UTI Virtual Covid-19. Além disso, investiu aproximadamente R$ 2 milhões na ampliação e melhoria da rede em todo o estado para atender aos serviços essenciais, beneficiando 101 centros de saúde e 84 pontos de saneamento e água.

O presidente explicou ainda que outra medida realizada pela empresa foi o lançamento da campanha de incentivo à adimplência “Energia em Dia”, que irá premiar os clientes residenciais que estiverem em dia com os pagamentos da conta de luz. Uma forma da Equatorial reconhecer os esforços da população que mesmo na dificuldade, tem honrado com os pagamentos ou buscado negociar as faturas de energia.

Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, procurador-geral de Justiça, reforçou a importância das ações em realizadas pela distribuidora em prol da população. “O Ministério Público está sempre aberto ao diálogo para que os interesses dos alagoanos possam prevalecer nas iniciativas realizadas pelas empresas e instituições do estado”.

O presidente de Tribunal de Justiça, desembargador Tutmés Airan de Albuquerque ressaltou a relevância dos dados apresentados. “Estou bastante satisfeito por ver o conjunto de iniciativas e melhorias que a Equatorial adotou seguindo as orientações feitas pelo TJ no período pré-pandemia. Uma comunicação transparente é o melhor caminho para evitar que o conflito surja e seja judicializado”, declarou.

“Agradecemos o espaço disponibilizados pelos órgãos para apresentarmos o nosso plano de trabalho. Esses momentos foram de extrema importância para termos feedback dessas instituições que lidam diariamente com as relações de consumo, de modo a contribuir para que tenhamos uma gestão melhor. Continuaremos nas próximas semanas com essa agenda com as demais entidades de representação popular, tendo sempre como foco a satisfação dos nossos clientes”, finalizou o presidente da Equatorial.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Energia Alagoas