Equatorial sela parceria com a Seades para ampliar cadastro da Tarifa Social
9 de setembro de 2019 Destaques,Notícias Arthur Otávio Florentino de Lima

Cerca de 200 mil famílias têm direito ao benefício, mas não fizeram a solicitação junto a distribuidora

Durante reunião realizada na manhã desta segunda-feira (09) na sede da Associação dos Municípios Alagoanos (Ama), a Equatorial Energia Alagoas assinou um termo de cooperação técnica com a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades). O convênio tem o objetivo de implementar estratégias integradas de identificação e inclusão de novos beneficiários no Programa de Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE).

Um levantamento feito pela Equatorial mostra que mais de 200 mil famílias cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) possuem o perfil para ter o benefício da Tarifa Social na conta de energia, mas não fizeram a solicitação junto a distribuidora ou estão com as informações no CadÚnico desatualizadas. Com o termo de cooperação, a distribuidora conseguirá acessar os dados desses clientes para cadastrá-los no sistema e assim passem automaticamente a receber o desconto, sem necessitar procurar uma agência de atendimento da companhia.

Para o presidente da Equatorial Energia Alagoas, Humberto Soares, a assinatura do termo de cooperação é de extrema importância, pois com a economia gerada no orçamento familiar por meio do desconto da tarifa social, o dinheiro extra poderá ser revertido em renda para o consumo de bens e serviços, movimentando a economia de cada município. “Quando a assumimos a concessão em Alagoas, achamos estranho que no universo de mais de um milhão de clientes, apenas 10% recebessem o desconto dado o perfil econômico do estado. Fizemos um trabalho e já conseguimos contemplar mais de 100 mil famílias na Tarifa Social. Agora, com a parceria com a Seades, a expectativa é ampliar esse benefício para mais de 200 mil famílias que foram mapeadas pela empresa e identificar junto à Secretaria os clientes que se enquadram no programa e ainda não usufruem o desconto na conta de energia”, enfatizou o presidente.

Desconto

Os descontos variam de 10% a 65% na tarifa de energia elétrica, conforme o descritivo abaixo:

  • => Até 30kWh por mês de consumo: 65% de desconto
  • => Acima de 30kWh por mês até 100kWh por mês: 40% de desconto
  • => Acima de 100kWh por mês até 220kWh por mês: 10% de desconto
  • => A partir de 220kWh por mês: desconto não é aplicado

O desconto é gradativo e a apresentação na fatura do cliente de forma detalhada por faixa de consumo. Para famílias indígenas e quilombolas que consomem até 50kWh/mês, o desconto é de 100%.

Quem tem direito a Tarifa Social

  • => Famílias inscritas no CadÚnico, com renda por pessoa da família de até meio salário mínimo;
  • => Beneficiários da Prestação Continuada da Assistência Social (BPC): idosos e deficientes cujas famílias possuam renda mensal, por pessoa, inferior a um quarto do salário mínimo;
  • => Famílias inscritas no CadÚnico com renda mensal de até 3 (três) salários mínimos, que tenha portador de doença que necessite de aparelhos ligados à energia elétrica de forma continuada;
  • => Famílias indígenas e quilombolas inscritas no Cadastro Único com renda por pessoa da família menor ou igual a meio salário mínimo ou que possuam, entre seus moradores, algum beneficiário do BPC.


Como obter o benefício

Para realizar ou renovar o cadastro, basta se dirigir a uma agência de atendimento da Equatorial e levar os seguintes documentos:

  • => Última conta de energia
  • => Cartão do benefício com o Número de Inscrição Social – NIS
  • => RG ou Registro Administrativo de Nascimento do Indígena (RANI) para as famílias indígenas
  • => CPF


Assessoria de Imprensa da Equatorial Energia Alagoas